Marca Maxmeio

Página inicial » Notícias
23 de abril de 2022

BRASIL LEVA SUL-AMERICANO FEMININO

É histórico! O Brasil é eneacampeão do Campeonato Sul-Americano Feminino Sub-20. Desde o início da competição, somente a Canarinho subiu no lugar mais alto do pódio. E na edição 2022, não foi diferente. A equipe comandada pelo técnico Jonas Urias conquistou o título com uma rodada de antecedência do fim do quadrangular final, ao vencer o Uruguai por 1 a 0, e contar com o resultado favorável do duelo entre Colômbia e Venezuela, que terminou com vitória colombiana por 3 a 0. Além do título, o Brasil confirmou a vaga na Copa do Mundo Feminina Sub-20 FIFA Costa Rica, que será disputa em agosto deste ano.
 
Com mais um título no currículo, o Brasil segue fazendo história no futebol sul-americano ao mostrar a superioridade no futebol feminino de base. Além da conquista na categoria sub-20, a Seleção Feminina Sub-17 também consagrou-se campeã da competição em março deste ano. Agora, as duas equipes focam na preparação para a Copa do Mundo Feminina de suas respectivas categorias.
 
A campanha
 
Invictas! A Seleção não tomou conhecimento dos adversários. Rodada a rodada, as comandadas de Jonas Urias foram batendo os oponentes. Foram 21 gols marcados e nenhum sofrido. Além disso, a equipe demonstrou coletividade, entre as 22 convocadas, 12 balançaram as redes e ajudaram o Brasil na conquista do título.
 
O técnico Jonas Urias celebrou o feito de suas comandadas e reforçou o árduo trabalho que antecedeu a conquista do título sul-americano, que contou com uma grande pausa por conta da pandemia de Covid-19.
 
"É uma sensação maravilhosa, é um momento único na vida de todos que fazem parte do trabalho. O “Sempre Juntas” campeão representa muito, representa uma geração que teve o seu sonho interrompido pela pandemia, e representa pessoas que fizeram em algum momento parte de todo esse trabalho do grupo. Primeiro título com a Seleção Brasileira é simplesmente inesquecível, é fantástico e esse dia vai ficar marcado na memória de todos", destaca Jonas. 
 
A zagueira-artilheira, Tarciane, também celebrou a conquista. A defensora disputou sua primeira competição oficial com a Canarinho, já que na edição passada não pôde participar na categoria sub-17 por conta do adiamento da competição devido à pandemia de Covid-19.
 
"Não tenho nem palavras, é um sentimento inexplicável ser campeã sul-americana com um jogo de antecedência. Fizemos um excelente trabalho, nos preparamos para tudo e isso é só mais uma conquista. Agora, vamos focar no próximo jogo e partiu Copa do Mundo", brinca. 
 
Na próxima rodada, o Brasil entra em campo para cumprir tabela. Às 20h30 (Horário de Brasília), a Canarinho enfrenta a Venezuela. Antes, Uruguai e Colômbia brigam pela segunda vaga na Copa do Mundo Feminina Sub-20. As duas equipes se enfrentam às 18h (Horário de Brasília).

 

BLOGS

FOTOS