Marca Maxmeio

Página inicial » Notícias
09 de março de 2021

ABC VENCE A PRIMEIRA NA COPA DO NORDESTE

O ABC não se intimidou com o Santa Cruz no Arruda. Pelo contrário: mesmo na casa do adversário, o time potiguar jogou melhor e conseguiu vitória magra mas importante na Copa do Nordeste: 1 a 0 que representa crescimento na tabela da competição.

Tabela
O ABC subiu, com a vitória, para a segunda posição do grupo B, com quatro pontos em dois jogos. Mas pode cair um posto no complemento da rodada, se o CSA vencer o Confiança logo mais. O Santa, por outro lado, é o lanterna do A, sem nenhum ponto.
 
Próximos jogos
O Santa joga na próxima quinta-feira, novamente na Copa do Nordeste, em duelo pernambucano. Enfrenta, às 18h, o Salgueiro no Cornélio de Barros. O ABC joga na quarta, pelo Campeonato Potiguar. Enfrenta o Palmeira, às 15h.
 
Primeiro tempo
Apesar da tentativa do Santa Cruz de pressionar a marcação, foi o ABC que criou as melhores chances no início. Anicete teve as duas mais claras. Na primeira foi parado por Jordan, na seguinte, chutou para fora. Com o passar do tempo, porém, os donos da casa cresceram na partida, igualaram as ações e passaram a também assustarem. O Santa também esteve perto do gol, sobretudo no bom chute de Chiquinho dentro da área, que Welligton espalmou e contou com a sorte da trave evitar o gol na sequência.
 
Segundo tempo
A etapa final teve um andamento contrário ao da primeira: o Santa começou um pouco melhor, mas o ABC dominou do meio para o fim. É verdade que só fez o gol no final, com Wallyson, de pênalti, mas só foi assim porque Jordan salvou o Santa Cruz várias vezes antes de, enfim, ser superado.
 
Lei do Ex
A lei mais famosa do Brasil funcionou de novo. O atacante Wallyson, autor do gol do ABC, defendeu o Santa Cruz em 2016.
 
Salvou
O placar só não foi mais amplo porque o goleiro Jordan estava inspirado. O goleiro fez cinco boas intervenções, duas delas decisivas, em tentativas de Anicete e Heliton. Fez uma grande partida.
 
Discreto
Os jogadores mais experientes do Santa Cruz no setor ofensivo estiveram apagados. O trio Chiquinho, Didira e Pipico apareceu pouco e não foi capaz de levar o Tricolor sequer ao empate.
 
Por Globo Esporte
Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press

 

BLOGS

FOTOS