Marca Maxmeio

Página inicial » Notícias
21 de setembro de 2020

AMÉRICA ESTREIA COM EMPATE NA SÉRIE D

Clubes tradicionais e considerados candidatos ao acesso à Série C, América-RN e Campinense estrearam na Série D do Campeonato Brasileiro com um empate sem gols na Arena das Dunas, em Natal. Os ataques não tiveram sucesso na tarde deste sábado e o placar de 0 a 0 acabou sendo justo pelo que as equipes apresentaram em campo. Por ter jogado fora de casa, o resultado foi melhor para a Raposa de Campina Grande.

Próximos compromissos
O América-RN volta a campo no próximo sábado, dia 26, contra o Floresta, no Estádio Domingão. O Campinense joga no mesmo dia, contra o Afogados, no Amigão. Lembrando que as duas equipes estão no Grupo A3 da Série D.
 
Primeiro tempo
Paulinho Kobayashi montou o América com três zagueiros, e improvisou o volante Wallace Rato na lateral direita. No meio-campo, Rondinelly foi a principal peça, buscando sempre a dupla de ataque, que ficou muito presa na marcação do Campinense. Foi do time paraibano a primeira chance, com chute de Fabinho de fora da área. Aleff também tentou e o goleiro Ewerton pegou. O Alvirrubro também tentou de longe, com Felipe Guedes, e Waldson salvou. Rafael Ibiapino, da Raposa, foi bastante acionado e deu trabalho à zaga potiguar. Aos 40 minutos, o Campinense ainda teve um gol anulado. O assistente viu impedimento de Júnior Gaúcho, que completou para as redes após cobrança de falta de Alex Travassos.
 
Segundo tempo
A entrada de Augusto deu nova vida ao América no segundo tempo. Em boa jogada individual, ele passou por dois marcadores e acertou a trave. O Campinense respondeu bem com Rafael Ibiapino pela direita, mas o atacante parou no goleiro Ewerton mais uma vez. O Alvirrubro também teve um gol anulado aos 24 minutos. Rondinelly cobrou falta da esquerda, Waldson espalmou no susto e Edimar marcou. O assistente assinalou impedimento. O jogo ficou aberto depois que o América desfez o esquema com três zagueiros, mas acabou dando muito espaço para o adversário. Augusto teve uma oportunidade após pixotada de Waldson, mas o goleiro se recuperou para fazer a defesa. O atacante Jobson, que entrou bem na partida, quase marcou em chute colocado de fora da área.
 
Não apareceu
O atacante Zé Eduardo não estava com 100% das condições físicas e não rendeu o esperado neste sábado. Mesmo tendo passado os últimos dias no departamento médico, foi uma aposta do técnico Paulinho Kobayashi em mantê-lo no time titular, principalmente porque havia marcado cinco gols nos últimos quatro jogos. Mas, desta vez, não teve oportunidade de marcar. Jogou só 45 minutos. Foi substituído por Augusto, que acabou dando uma nova cara ao ataque rubro na segunda etapa.
 
Por Globo Esporte
Foto: Canindé Pereira/América FC
 

BLOGS

FOTOS